sexta-feira, novembro 14, 2008

Esta semana trezandou a morte... não lido bem com ela, nunca lidei. Foram 3 mortes não de pessoas próximas, mas de pessoas com importância para pessoas que me são próximas, e eu não consigo ficar indiferente.
Encontrei uma amiga que vejo basicamente 1 vez por ano, se tanto, a Carla Ascensão. Quando ela me viu, estendeu os braços e deu-me um abraço desesperadamente necessitado. Visivelmente abatida, a Carla falou-me da sua colega de trabalho e amiga Rute Cruz que morreu penso que foi no dia 6. Como não a conhecia não me atingiu. Mas ter visto a Carla tão triste tocou-me.
Não lido bem com a Morte.

Na verdade, não lido bem com nada que seja inevitável.

2 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Eu não lido bem com o ter de dar as "condolências" a alguém. Parece que qualquer palavra que digamos soa a oca. Um abraço, um olhar, tem muito mais sentido.

illatonero disse...

é verdade... é mesmo a única coisa que consigo fazer nestas alturas.
Obrigado pela visita!